Destaque

 

Missas de Quarta-Feira de Cinzas no Vicaritato Norte

Data Postagem - 02/03/2017


A Igreja Católica inicia hoje, com a Quarta-feira de Cinzas, o tempo litúrgico da Quaresma no qual, durante 40 dias e através da vivência do jejum, da oração e da esmola, os fiéis se preparam para a Semana Santa em que se atualizam os mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor Jesus.

Neste tempo, os fiéis estão chamados à conversão pessoal, exortação que durante a imposição das Cinzas o celebrante expressa com as palavras: “Convertei-vos e crede no Evangelho”.

Do mesmo modo, com a expressão “Lembra-te de que és pó e ao pó voltarás”, recorda-se a fragilidade da vida humana e que a morte é um destino inevitável.

Na Roma antiga, os fiéis começavam com uma penitência pública o primeiro dia de Quaresma no qual eram salpicados com cinzas, atualmente os fiéis são marcados com uma cruz na testa com as cinzas obtidas ao queimar as palmas usadas no domingo de Ramos do ano anterior.

Veja um pouco de como foram as Santas Missas no Vicariato Norte.

 

Paróquia São João Batista - Laranjais

Na manhã de quarta-feira de cinzas (01/03), o Padre João Tadeu Tavares, celebrou a Santa Missa com a imposição das cinzas na Capela de Nossa Senhora da Conceição na comunidade de Estrada Nova. Já às 19 horas na Matriz Paroquial de São João Batista em Laranjais, muitos fiéis participaram da Santa Missa com a imposição das cinzas.

O Padre João Tadeu iniciou sua homilia citando versículos da Profecia de Joel (2, 12-13) “Agora, diz o Senhor, voltai para mim com todo vosso coração, com jejuns, lágrimas e gemidos; rasgai o coração, e não as vestes; e voltai para o Senhor, vosso Deus; ele é benigno e compassivo, paciente e cheio de misericórdia, inclinado a perdoar o castigo”. “Eis o grande convite que a igreja nos faz nesta noite, voltar para o Senhor. Voltar para o Senhor é pedir a graça da reconciliação através do Sacramento da Confissão, é hora de romper com o mundo e nos aproximar de Jesus. O Senhor nos quer participantes do seu reino e dessa forma nos apresenta três propostas para a quaresma: a caridade que é um exercício de libertação do egoísmo; a oração, que é através da oração que entramos em sintonia com Deus; o jejum e abstinência de carne, são gestos exteriores que expressão o esforço de conversão”.

Após a homilia aconteceu o rito de bênção e aspersão com água das cinzas que em seguida foi feita a imposição sobre a testa dos fiéis.

Ao final da santa Missa, foi distribuído aos fiéis um folheto contendo as 15 propostas do Papa Francisco para a quaresma, atos de caridade e jejum.

Texto e Foto: Sabrina Pereira de Oliveira

 

Paróquia São João Batista - Macuco

O tempo da Quaresma, a que hoje damos início, é um tempo de aprofundamento espiritual especialmente dedicado à nossa santificação pessoal, por meio, sobretudo, do jejum, da esmola e da oração. A finalidade da Quaresma é santificar-nos afastando-nos do pecado e aproximando-nos de Deus.

- Esta Santa Missa marca o início de nosso retiro espiritual de 40 dias. Hoje, a igreja nos leva à dimensão máxima de nossa penitência nos convidando à conversão sincera de nossos corações. Para uma boa Quaresma e para a realização de bons propósitos, precisamos ter um espírito decidido pela verdade.

Assim, o padre Wanderson do Couto Mozer acolheu os fiéis que superlotaram a matriz de São João Batista,em Macuco, nessa Quarta-feira de Cinzas, às 19h30.

Uma homilia bastantedidática mantinha a assembleia atenta e participativa:

- As cinzas nos lembram de que somos pó e de que a ele voltaremos. Nós não somos desse mundo. Mas para alcançarmos o céu, a nossa morada definitiva, precisamos mudar nossas atitudes. A Quaresma é o tempo favorável a essa mudança. Hoje, a igreja nos convida ao jejum. Entretanto, não podemos ficar somente nessa realidade característica da Quarta-feira de Cinzas e da Sexta-feira da Paixão. A igreja quer nos levar o tempo todo para o céu. E, para que isso aconteça, precisamos romper com tudo o que nos afasta dessa meta. Nunca nos esqueçamos de que só ressuscita quem faz a experiência da morte... É hora de unir forças, hora de rasgar nossos corações...

- Exercitemos as práticas quaresmais do jejum, da esmola e da oração. Há demônios que só são vencidos com o poder do jejum... A penitência nos livra da escravidão. Lembremo-nos de que foi para a liberdade que Cristo nos libertou! Que nossas esmolas e caridades não visem aos aplausos, nem sejam motivo de escândalo...

E destacou:

- Que a oração, o pilar mais importante da Quaresma, produza realmente o desejo de mudança! É preciso ter uma verdadeira vida de oração para que o inimigo não nos surpreenda, entrando em nossas vidas e fazendo uma verdadeira desordem. Sejamos fortes em nossos propósitos! Quem sabe dessa paróquia saia um forte batalhão com práticas de jejum e de mortificações? Sejamos soldados prontos para a batalha!

Ao terminar sua reflexão, externou um desejo:

- Rezemos, façamos penitência, iluminemos nossas mentes com nossas orações! O próprio Cristo nos disse que não é digno dele aquele que põe a mão no arado e olha para trás. Oxalá que nessa Paróquia de São João Batista, na linda noite do Sábado de Aleluia e no festivo Domingo de Páscoa, possamos ter muitos testemunhos de fiéis que alcançaram a santidade através da conversão.

Texto e Foto: Maria Rosangela Silva

 

Paróquia Santa Beatriz - Portela

A Santa Missa de Quarta-feira de Cinzas foram realizadas na Capela de São João Batista, Capela de Santo Antônio e na matriz de Santa Beatriz.

Em sua homilia Padre Diego destacou:

- Devemos ter conciência que viemos do pó e iremos para o pó, devemos buscar nossa conversão a cada dia para buscar a salvação, por isso, devemos aproveitar esse período da Quaresma para nos reciclarmos, mudarmos e nos aproximar-mos mais de Deus, realizando boas ações, sendo mais humildes e solidários, que a mudança parte de nós e não do próximo.

Texto e Foto: André Frossard

 

Paróquia São Sebastião - São Sebastião do Alto

Quarta-Feira de Cinzas – Início do Tempo da Quaresma e Campanha da Fraternidade.

Com a Quarta-Feira de Cinzas começa o tempo da Quaresma e, consequentemente, o Ciclo Pascal. Além disso, a igreja católica também inicia na Quarta-Feira de Cinzas, a Campanha da Fraternidade. Este ano, a campanha tem como tema: “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação” 

“Quarenta dias antes da Páscoa, a Igreja abre solenemente o tempo de penitência, chamado Quaresma, em preparação para a celebração da Páscoa. Na Quarta-feira de Cinzas, após a Liturgia da Palavra, quando se proclama o trecho do Evangelho em que Cristo recomenda a oração, o jejum e a esmola como exercícios de conversão, realiza-se o rito da imposição das cinzas. Elas são sinal de que aceitamos entrar neste tempo de penitência, no sentido de conversão.”

A celebração da Quarta-feira de Cinzas foi presidida pelo Pároco Marcelo Piller, teve início às 19h.

Os ministros, escalados para o dia, entraram com as cinzas para imposição.

Em sua homilia, Pe. Marcelo chamou a atenção dos fiéis para a oração, mortificação, caridade, jejum e abstinência, práticas que todo cristão precisa conhecer e praticar para realizar uma boa caminhada quaresmal.

Falou sobre o início da Campanha da Fraternidade 2017 com o tema “Biomas e Defesa da Vida” e leu a mensagem do Santo Padre para a Campanha da Fraternidade.

No final da celebração, reforçou a importância da Campanha da Fraternidade convidando a todos a participar e distribuiu o material aos representantes de cada pastoral e grupos para a realização dos encontros por ruas.

Texto e Foto: Maria Gorete Oliveira

 

Paróquia Nossa Senhora do Livramento - Valão do Barro - São Sebastião do Alto

Nesta quarta-feira de cinzas, a Paróquia Nossa Senhora do Livramento, realizou a Missa de Imposição das Cinzas, abrindo o tempo da quaresma neste ano de 2017.

A Missa foi presidida pelo pároco local, Padre Bartolomeu de Oliveira. A Missa, contou com uma grande presença da comunidade local, uma vez que houve Celebração da Palavra nas capelas.

Na homilia, padre Bartolomeu destacou:

-Mesmo com uma grande comparecimento da comunidade local, o pároco, iniciou falando da enorme importância de participar de Missa de preceito. Também foi explicado ao povo, todo o sentido do tempo da quaresma, esse tempo de penitência e oração. Foi dado também, um grande ensinamento sobre a importância do silêncio em nossos dias, uma vez que, o barulho do superficial que o mundo nos traz, acaba nos afastando daquilo que é essencial: A presença de Deus. outro ponto importante, foi ressaltar a importância de buscar esse silêncio no encontro pessoal com Deus, a oração é o caminho para não cairmos nas ciladas do maligno. Falou ainda de mais dois pontos importantes: que aproveitemos para intensificar nossas orações por nosso país, e, o significado da imposição das cinzas: Penitencia, conversão e humildade. Encerrando falou da Campanha da Fraternidade 2017.

Texto e Foto: Jardel Lamellas

 

Paróquia Nossa Senhora da Conceição - Bom Jardim

Com a Santa Missa de Cinzas, presidida pelo Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Bom Jardim - RJ, Pe. Fr. César Gonçalves, deu-se o início da Quaresma. Tempo de intensa oração e conversão, no desejo de superar aquilo que não está de acordo com o que Jesus Cristo viveu e ensinou.

Em sua homilia, o Presidente da Santa Celebração Eucarística, Frei César, ressaltou que o rito das cinzas nos recorda que somos pó e que, sem a graça de Deus, nada podemos ser. Acrescentou ainda que "neste dia deu-se início a Campana da Fraternidade do ano de 2017, cujo lema é Fraternidade e Biomas Brasileiros, nos incentivando a retificar nossa adesão ao Evangelho, e cuidarmos desta nossa casa comum".

Recordando sobre o Evangelho proclamado, o Sacerdote mostrou a importância do jejum, principalmente durante este tempo de conversão, que é a Quaresma. Além de não demonstrarmos este ato de piedade, apresentando apenas nossa felicidade deste, e não o sofrimento.

     
Texto e Fotos: João Pedro Boquimpani

 

Paróquia Nossa Senhora da Piedade - Cordeiro

Texto e Fotos: Paula Montechiare

Para visualizar o album de fotos da Missa de Quarta-Feira de Cinzas, clique aqui